Skip to main content

“Sustentabilidade Ambiental no Setor da Saúde”. O Papel dos Profissionais e das Instituições

Como podem os médicos contribuir para a sustentabilidade ambiental? Que políticas incentivam profissionais e utentes a reivindicarem menos pegada carbónica? Está a tutela a contribuir e a dar orientações para reduzir os gases com efeito de estufa? Foram questões como estas que fizeram o debate lançada pelo Conselho Português para a Saúde e Ambiente (CPSA) e Embaixada do Reino Unido, em Lisboa com o apoio da farmacêutica GSK.

“Não é apenas o futuro que está em causa, é o nosso presente”, começou por alertar Luís Campos, presidente do CPSA, justificando a visão macro que os países deviam adotar implementando práticas mais sustentáveis em todos os setores. No caso da saúde, o médico ressalvou o papel fundamental que os profissionais desempenham junto das populações e que, por essa razão, podem e devem ter na alteração de comportamentos em toda a sociedade.

Diário de Notícias, 18 Outubro 2023

Ver toda a notícia aqui.

 

39685051_3_526_mediamonitor