Skip to main content

Conselho Português para a Saúde e Ambiente quer ações imediatas para reduzir pegada ecológica

O Conselho Português para a Saúde e Ambiente (CPSA) defendeu hoje a criação de uma estratégia global para reduzir a pegada ecológica no setor da Saúde, com metas como atingir zero emissões de gases com efeito de estufa em 2035.

“É preciso ter em consideração que o setor da Saúde é responsável por 4,4% da emissão de gases com efeito estufa. Se fosse um país, seria o quinto país com maiores emissões do planeta”, disse à agência Lusa o presidente do CPSA.

Luís Campos disse que se tem constado é que “está tudo por fazer” em Portugal no sentido de diminuir esta pegada ecológica no setor da saúde e defendeu “uma estratégia global do sistema de saúde”, que seja considerada “uma prioridade politica”, em que são definidas varias metas.

“A meta que propomos é que o setor da saúde atinja zero emissões em 2035 em tudo aquilo que depender diretamente da atividade do setor e em 2040 em tudo aquilo que depender indiretamente”, adiantou o dinamizador da criação do conselho em outubro de 2022.

SAPO (com Lusa), 23 Janeiro 2023

Ver todo o artigo aqui.